13
Fev 14

Na primavera de 2009 tive um episódio de paralisia do sono muito mau. Já tive vários, mas esse foi o pior. Acordei de madrugada, penso que por volta das 5 da manhã. Nessa altura não sabia que era apenas um distúrbio do sono, pensava que eu estava em contato com o sobrenatural, apesar de não gostar muito. Nessa madrugada acordei e estava literalmente preso à cama. Não me conseguia mexer, apesar de muitas tentativas. O meu quarto parecia estranho, estava meio cinzento e ouvia um zumbido constante nos meus ouvidos. Tentei focar melhor o meu quarto, mas continuava meio cinzento e sombrio. No meio do zumbido ouvi duas pessoas conversando num canto do quarto, mas não conseguia virar a minha cabeça para ver quem era. Estava completamente paralisado! Essas duas pessoas, uma voz de mulher e uma voz de homem, pareciam falar de mim. Ouvi o homem falar «o João está com muito medo» e a mulher rir dessa frase. Fiquei completamente aterrorizado, pensei que eram fantasmas no meu quarto que me vinham buscar para sei lá onde! Tentei gritar, mas nada. Não conseguia fazer nada. As duas pessoas continuaram a falar coisas que não compreendia, começou a parecer que falavam uma língua estranha. Ao mesmo tempo riam. Finalmente, após o que me pareceu uma eternidade, consegui mexer os dedos dos pés, e depois as pernas e logo todo o meu corpo. Levantei-me e o quarto já estava normal. As pessoas tinham desaparecido. Não dormi mais nessa noite, estava com muito medo de passar por essa situação outra vez.


No último ano aprendi que não estava em contato com o sobrenatural, aprendi que a paralisia do sono é algo inofensivo. A paralisia do sono não provoca a morte, como ouço falar em muitos lugares da Internet. É apenas um distúrbio do sono, e eu aprendi a viver com ela. De vez em quando ainda tenho isto, mas já não tenho medo. Controlo o meu medo e tento respirar profundamente, o que faz com que passe logo. Não ouvi mais vozes, nem vi nada de estranho. Todos os restantes episódios que experimentei com a paralisia do sono foram bastante suaves. Só mesmo a incapacidade de mexer o corpo e uma sensação estranha. O que posso dizer às pessoas que sofrem desta condição é que tenham a coragem de permanecerem calmos quando sofrerem a paralisia do sono. Não há nada a temer.

publicado por Dicas, Informações e Oportunidades às 16:02

O seu relato é muito sensato. Realmente a paralisia do sono não provoca a morte nem nada desse género.
Caio Enobarbo a 22 de Março de 2014 às 19:09

comentários recentes
Segundos dados do hublle, o tamanho do universo é ...
Essa foto é de Madame Curie, pois não?
Texto horrível, tanto com relação à forma quanto a...
Gostei! Sem o concurso do tempo, nenhum fenômeno n...
Boa Noite!Caríssimo Bosco, agradeço seu comentário...
pesquisar
 
Posts mais comentados