13
Fev 14

Tenho 42 anos de idade e sempre sofri com a paralisia do sono. Já é algo de família, pois tenho duas irmãs e um primo que também têm paralisia do sono várias vezes por mês. Acontece mais quando estou ansioso, especialmente depois de uma saída à noite ao fim-de-semana. Já tomei Rivotril para tratar a paralisia do sono, mas não teve efeito. Continuei a ter. Tive fases piores e algumas fases melhores.


Se contar aquilo por que já passei alguns de vós podem não acreditar, mas serei sincero. Aqueles que têm paralisia do sono sabem do que falo e sabem que este distúrbio do sono é horrível! Já acordei com várias pessoas em cima da minha cama a tentar estrangular-me. Já fui arrastado pela minha casa por um vulto negro. Já acordei a flutuar em cima da cama. Não sei mais o que fazer. Os meus familiares também já passaram por coisas muito más. Estou com dúvidas sobre se isto será apenas algo explicado por a ciência, pois já passei por coisas que pareciam coisa de bruxaria. A vez que fui arrastado por casa foi a pior. Acordei paralisado como todas as vezes e algo pegou em mim pelo pescoço e arrastou-me às voltas por casa, e eu sentia tudo! Senti o meu corpo ir contra a mobília e contra a mesa da cozinha, senti tudo como se fosse verdade. E se calhar foi mesmo. Não consegui explicar o medo que senti, parecia algo vindo do Inferno para me matar! Depois acordo na cama como se tivesse sido um sonho, apesar de saber que estava bem acordado.


Se alguém tiver passado pelo mesmo, por favor deixem o vosso e-mail nos comentários para eu vos contatar. Preciso de falar com pessoas para ter a certeza que essas coisas não acontecem só a mim. Já fui ao médico de família várias vezes, mas ele diz sempre que é apenas ansiedade e sonhos. Não entendo nada. Por um lado sei o que é a paralisia do sono do ponto de vista médico e científico, por outro lado é difícil acreditar na ciência quando uma pessoa passa por experiências deste tipo.


Seria bom alguém criar uma página no Facebook para trocarmos experiências e relatos. Se alguém criar alguma por favor que diga! Fico à espera de reações ao meu relato. Não se esqueçam do e-mail. Obrigado.

publicado por Dicas, Informações e Oportunidades às 17:07

Eu passei por uma experiência similar aos relatos aqui mencionados após um pequeno atrito com uma colega de trabalho.Estava na minha cama por volta de umas 23:30 e senti a minha cama como que tremendo e um campo de força me contornar e neutralizar todos os meus movimentos.Como eu estava de lado, tentei me virar para o lado oposto e não consegui.Também não conseguia falar, então em pensamento fiz uma oração a Jeová Deus e senti a minha boca ficar livre.Lembro que por três vezes eu pedi "jeová me ajude, em nome do seu filho Jesus Cristo amém", daí quando senti a minha boca livre chamei o meu marido por duas vezes e ele não me ouviu.Eu tinha plena consciência de que eu estava na cama, estava ouvindo barulho no quintal e na rua e sabia que o meu marido estava na sala.Somente quando dei um grito bem alto é que ele veio e me chacalhou.Eu comecei a chorar e meus braços e pernas estavam doloridos.Foi como se o meu cérebro tivesse acordado e o meu corpo dormindo.Eu pedi a ele que fizesse uma oração a Jeová e então depois de algum tempo eu voltei a dormir. Hoje fui procurar no google e encontrei alguns relatos de doenças, mas eu acredito que foi algo sobrenatural.
Adriana a 16 de Fevereiro de 2014 às 02:46

Como reconhecer graves distúrbios do sono

ÀS VEZES é possível saber que uma pessoa sofre de um grave distúrbio do sono pelos sintomas que apresenta. A insônia crônica, que dura mais de um mês, costuma estar associada a problemas mais graves, que incluem a depressão. A insônia crônica também pode ser sintoma de uma grave doença física.
Apnéia do sono
Mário sentia muito sono durante o dia. Quando dirigia o carro com a família, sua esposa tinha de vigiá-lo com atenção, porque ele perdia os sentidos momentaneamente e quase nunca se recordava do que havia acontecido. Toda noite ele roncava alto em intervalos irregulares e ocasionalmente acordava num sobressalto para recuperar o fôlego.*
Mário apresentava os sintomas clássicos da apnéia do sono. Apnéia significa literalmente “ausência de respiração”. Um episódio de apnéia do sono pode durar de dez segundos até dois ou três minutos. É comum a vítima se debater para recuperar o fôlego e depois pegar no sono novamente, apenas para repetir a apnéia centenas de vezes por noite. Há três tipos de apnéia.
A apnéia central ocorre quando o centro de controle da respiração no cérebro não envia a ordem de respirar regularmente. Na apnéia do sono tipo obstrutiva, a via aérea superior no fundo da garganta fecha-se completamente, bloqueando o fluxo de ar. A apnéia mista é uma combinação desses dois tipos e é o diagnóstico mais comum. A vítima de apnéia, qualquer que seja o tipo, pode se sentir praticamente como alguém que não dormiu a noite inteira, todas as noites!
Os apnéicos talvez corram perigo de morte, porque estão propensos a adormecer no trabalho ou ao volante. Podem sofrer de hipertensão arterial e dilatação do coração, e o risco de terem um derrame ou insuficiência cardíaca é maior. O Dr. William Dement, da Universidade Stanford, calcula que 38.000 americanos morrem anualmente devido aos problemas cardiovasculares resultantes da apnéia do sono.
Embora seja mais comum em homens obesos com mais de 40 anos de idade, a apnéia do sono pode começar em qualquer idade, mesmo na infância. Há diversos tratamentos — e todos devem ser acompanhados por um médico especializado em distúrbios do sono. O tratamento não-cirúrgico mais eficaz para a apnéia do sono tipo obstrutiva é o que usa um aparelho para gerar fluxo aéreo contínuo com pressão positiva. O paciente põe uma máscara no nariz à noite e um regulador de pressão (ajustado para a pessoa por um médico) libera exatamente a quantidade de ar necessária para evitar a apnéia. Se esse método não resolver o problema, existem vários procedimentos cirúrgicos, inclusive o uso de laser ou ondas de radiofreqüência para remover o excesso de tecido da garganta.
Narcolepsia
Outro distúrbio do sono que exige tratamento médico é a narcolepsia — um problema neurológico que provoca sonolência excessiva durante o dia. Buck, por exemplo, vivia com sono o tempo todo. Pegava no sono de repente em qualquer lugar, mesmo durante reuniões importantes. Ele começou a segurar algumas chaves na mão para que, quando pegasse no sono, o barulho delas batendo no chão o acordasse. Depois ele passou a sofrer de cataplexia — um distúrbio que o fazia perder a força nos joelhos e desabar toda vez que sentia emoções fortes. A seguir vieram os sintomas da paralisia do sono e também eventuais alucinações pouco antes de adormecer.
A narcolepsia geralmente começa quando se tem entre 10 e 30 anos de idade. Os narcolépticos às vezes desenvolvem o que é chamado de comportamento automático, segundo o qual parecem agir normalmente, mas não se dão conta da passagem de grandes períodos de tempo. O lado trágico dessa doença é que em muitos casos passa anos sem ser diagnosticada, enquanto a vítima é tachada de preguiçosa, retardada mental ou esquisita. Ainda não existe cura conhecida, mas os sintomas podem ser tratados com medicamentos e ajustes no estilo de vida — com maior ou menor grau de êxito em cada caso.*
http://wol.jw.org/pt/wol/d/r5/lp-t/102004083?q=paralisia+do+sono&p=par
Adriana a 16 de Fevereiro de 2014 às 03:13

Adriano, pegue meu e-mail e o link do Facebook por favor
https://www.facebook.com/andry.ainsf
andrielesuenia@hotmail.com
Andriele a 17 de Fevereiro de 2014 às 20:42

Pegue o meu email.. naaytraquinas.-@hotmail.com também estou desesperada coisas horriveis acontecem, não sei se isso é ciência ou bruxaria sei que sinto que vou morrer e isso é aterrorizante.

Naiara Silva
Naiara Silva a 19 de Fevereiro de 2014 às 16:19

Acabei de ter essa esperiencia agora novamente. Ja fazia tempo que isso nao acontecia... Ja tive varias experiencias desse tipo. Tenho muito medo, é algo que nao parece sono. Ja flutuei pelo meu quarto batendo a cabeça em tudo. Ja cai num tunel sem fim de fogo, onde eu sentia até o calor do fogo. Ja vi uma caveira sentada no meu ombro, no mesmo dia vi ela novamente deitada sobre mim. Realmente acho que isso nao tem nada a ver com ciencia, ja fui macumbeiro, e lendo suas esperiencias vi que tem tudo a ver com as entidades que la se encontram, aconselho vcs a procurar uma igreja evangelica. Pois isso pode ate nos matar....
Leoh Morays a 26 de Fevereiro de 2014 às 07:01

É ciência, não bruxaria. Consulte um médico para ter uma resposta concreta sobre este distúrbio do sono.
Caio Enobarbo a 22 de Março de 2014 às 19:02

A paralisia do sono não mata. E também não ajuda ir a uma igreja. Só um médico pode tratar este distúrbio do sono.
Caio Enobarbo a 22 de Março de 2014 às 19:04

comentários recentes
Segundos dados do hublle, o tamanho do universo é ...
Essa foto é de Madame Curie, pois não?
Texto horrível, tanto com relação à forma quanto a...
Gostei! Sem o concurso do tempo, nenhum fenômeno n...
Boa Noite!Caríssimo Bosco, agradeço seu comentário...
pesquisar
 
Posts mais comentados