16
Nov 13
Pilatos perguntou a Jesus Cristo: "O que é a Verdade?". Essa pergunta não deveria ser tomada como uma exigência de resposta, mas talvez como uma suspeita sobre a própria palavra «verdade». Nietzsche perguntou certa vez "será a verdade uma mulher?", pois todos os homens andam atrás dela como andam atrás das mulheres. Tal como Nietzsche, será que já perguntamos aos nossos botões o que vem a ser isso da verdade? Porque queremos a verdade e não a mentira? Qual a origem do conceito de verdade? Será obrigatório existir uma resposta para uma pergunta por demais humana? Se virmos bem, os animais não parecem muito preocupados em descobrir a verdade; eles estão mais preocupados em viverem. Será o nosso cérebro superior com vista a descobrir o funcionamento da natureza ou com vista a viver mais e melhor, isto é, viver mais intensamente? O cérebro humano desenvolveu-se para se entender a si mesmo? A verdade é algo que exista? E caso exista, será algo que deva ser atingido pelo cérebro humano? Não será a verdade um brinquedo humano, uma criação para ocuparmos o nosso tempo?
publicado por Dicas, Informações e Oportunidades às 23:30

Sem a espécia humano nenhum conceito haveria sobre a face da Terra! Nem mesmo o conceito de "terra". Sem a espécie humana - que se chamou assim a si própria...- nem estariamos a falar de Cristo...
Cristo disse ser "a Verdade" e ao dizê-lo, prová-lo e afirmá-lo, incompatibilizou-a com "tiranos e enganadores". O que não significa que eles não possam usar ou servir-se do conceito, do termo, da palavra, todas as vezes que lhes apetecer e até o façam com proveito próprio. Cada um faz o que quer! É isso a liberdade de que o próprio Deus usou muito antes de ela ter nome e ser utilizada pelos teóricos da revolução francesa, à mistura com uma série de preceitos ditos morais retirados do Antg Testamento.
petitprince a 30 de Julho de 2014 às 22:01

comentários recentes
Segundos dados do hublle, o tamanho do universo é ...
Essa foto é de Madame Curie, pois não?
Texto horrível, tanto com relação à forma quanto a...
Gostei! Sem o concurso do tempo, nenhum fenômeno n...
Boa Noite!Caríssimo Bosco, agradeço seu comentário...
pesquisar
 
Posts mais comentados